Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RONDEL DA DESPEDIDA

lisieux
(Ao meu amigo Nilson Matos Pereira)
 
 
Hoje o meu dia se encheu de pranto
pela partida do meu mestre amado.
Somente Deus pode dizer o quanto
eu sentirei sua falta do meu lado.
 
A lágrima escorre... e o desencanto
o peito faz sangrar, desesperado...
Hoje o meu dia se encheu de pranto
pela partida do meu mestre amado.
 
Tudo é tristeza aqui, neste recanto
que por seus olhos, era iluminado.
Em minha boca se calou o canto,
nosso convívio é coisa do passado.
Hoje o meu dia se encheu de pranto...
 
BH - 12.10.05
(Nilson Matos Pereira foi professor, poeta, líder político, engajado, sincero, inteligente, bem-humorado e gentil. Amigo e companheiro na ETP- Escola de Trovadores e Poetas, da qual ele foi fundador e nos ensinava trovas e outras modalidades de poesia, da qual sou moderadora. Foi ele quem me ensinou a fazer o rondel. Homenagem ao amigo poeta, que se foi desta terra no dia das crianças, dia apropriado para elevar-se sua alma, eternamente menina)
lisieux
Enviado por lisieux em 16/10/2005
Código do texto: T60308
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:33)
lisieux