Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despida

Tento entender a minha alma
nesta inútil vida atormentada
dentro de mim não há nada
tudo está corroído
como o papel amarelecido
pelo tempo no isolamento.
Desfaço-me da veste e do manto
carrego como um fardo o meu defeito
Um grito vai crescendo dentro de mim
A liberdade de correr, chorar, e amar...

Isa Castro
Enviado por Isa Castro em 22/10/2005
Código do texto: T62426
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Isa Castro
Portugal
169 textos (11649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:44)
Isa Castro