Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM CHORAR:

Sem chorar:

Na porta da igreja...
Coberta por pétalas de rosas
Apenas eu, mais ninguém.
Sentado ali no chão.
Sem chorar,
Perguntava-me, porque?
Não tinha respostas.
Nos meus pés, jogado estava.
Aquele buquê de flores.
Talvez por superstição.
Não ouve quem o pegasse.
Para no futuro não ter azar.
E não ter que sentir.
O que sinto neste momento.
Ao ver a mulher que amei,
Com outro se casar.
Num jogo de interesses.
Deixar, a quem dizia amar.
A noite chegou,
Com ela veio a chuva.
Molhando meu rosto, uma lágrima.
Enquanto eu chorava por ela.
Triste, o céu chorava por mim.

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 22/10/2005
Código do texto: T62454
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:01)
Volnei Rijo Braga