Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pedras

Num minuto já nem sei quem sou,
nem por onde ando.
Hora quero amor,
coisas delicadas
e um sorriso.
Hora quero escuridão e sumisso.
Deitaria no fogo
por um início melhor,
sem duelos desarmados.
Um caminhar sobre pedras visíveis.
A grama, verde e viva
me é quase incompatível,
me sinto tão infrutífero
quanto as horas de meus dias.
Amor e ódio sem nostalgia.
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 29/08/2007
Código do texto: T628792
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 30 anos
326 textos (14327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:51)
Dil Erick