Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cegueira de amor



Ainda procuro por aquele olhar
cristalino nas retinas da alma,
translúcido evidenciado em calma,
aceitação de todo o meu eu,
aquele olhar, o teu, no meu,
como se mais ninguém existisse.

Tenho saudades do imaginário
que trafegava em sentido contrário,
enquanto todos iam e nós vínhamos;
sem nos importarmos com a direção,
guiados apenas pela maior paixão
como se tudo nos redimisse.

A saudade, hoje, bateu mais doída.
E eu não soube como enfrentar.
Passei as horas em pleno desatino,
inventando soluções para um destino,
que mexeu tanto com minha vida.
Como se nada mais eu visse...


SATURNO
Enviado por SATURNO em 29/08/2007
Reeditado em 25/05/2013
Código do texto: T629498
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SATURNO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
660 textos (48351 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:10)
SATURNO