Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS TRISTES



 Meus versos são todos tristes,
 todos dizem,  e eu sei que são ...
 Procuro dosá-los com palavras alegres,
 mas, em cada uma de minhas poesias,
 há um toque de amargura.
 Como poderia eu,
 que nem sei contar piadas,
 fazer poesias alegres?

 Já tentei mudar meu estilo várias vezes,
 mas a alegria dos meus versos soava falsa,
 com um arremedo de alegria
 que não convencia ninguém.

 Em meus versos alegres,
 ou seja, de alegria forçada,
 havia uma sucessão de palavras bonitas,
 amenas, um aglomerado de frases buriladas,
 mas incompreensivelmente,
 meus versos tinham a expressão monótona
 das piadas sem graça
 e mal contadas nos  recintos  “Beneditinos“.

 Enfim, compreendi que,
 apesar de todos os esforços,
 não sei fazer poesia alegre,
 porque até o meu sorriso mais aberto,
 mais espontâneo
 me dá a sensação de tristeza ...
 Porque eu sou uma pessoa “alegre - triste”
 como tantas outras pessoas
 que vivem sorrindo, cantando
 e contando piadas tristes por aí  ...

 Maria Nascimento Santos Carvalho
  Site : www.marianascimento.net  
Maria Nascimento
Enviado por Maria Nascimento em 30/08/2007
Código do texto: T631590
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Nascimento
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
904 textos (45579 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:53)
Maria Nascimento