Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
TRISTEZA


 A tristeza mora ao lado
E visita-me todo o dia,
Não sei o que está errado,
Mas ela acabou com a minha alegria.

Já a mandei ir embora
Mas me disse ser permanente
Sabe que minh’alma chora...
E não me verá mais contente.

Não sei qual é a minha sina
Pois sofrer é o meu legado
Sofro desde menina
Queria saber qual foi o meu pecado.

Acho que foi ter nascido
Não deveria vir a este mundo
Sofrer é minha desdita
Meu sofrimento é profundo.

Encontrei um grande amor
Mas a ele não posso me entregar
Coloquei-o em uma flor
E ficarei só a admirar.

Com lagrimas rego todos os dias
O meu canteiro de amor,
Está é a minha única alegria
Ao ver nascer cada flor.
ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 01/09/2007
Código do texto: T633686
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (289523 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:22)
ANGELICA ARANTES