Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mergulho dentro de Mim...

Pedras,perdas...
Tropeço sem querer
Nas calçadas  que já
Nem olho do mesmo
Caminho que eu faço
E refaço.
O mesmo, em que me perco.
Me expondo,escondo-me.
O mesmo gosto na boca
A mesma rouca agonia
De estar tão cheia de vazios
Tão cheia de pedras,
Nos ombros que precisam
De mãos,de abrigo...
E nas mãos as mesmas flores
Que eu colhia,hoje sofrem
O temor de não serem
Mais poesias perfumadas.
É que o vazio,quando percorre
Aqui dentro, grita alto
Grita forte,e a mesma morte
Que leva o porto seguro
Também é silêncio
Dentro do muro alto
Em que me escondo...
E quieta,faço uma prece
E quem merece essa dor,
Que aguente...
Ser inocente agora...
Não alivia a minha culpa.
       
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 01/09/2007
Código do texto: T634291

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60264 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 18:12)
Luciane Lopes