Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alienação

Maria Antônia Canavezi Scarpa
 
Não gosto desse meu estágio alienado
desprovido de qualquer limite
sinto que preciso de um amigo
para me ajudar a sair dessa letargia
que permeia minhas decisões
variando meus anseios drasticamente

O momento é insípido
e oxalá  tenha eu descoberto em tempo
o refazer dessa teia
que em algumas malhas estão distorcidas
resgatar  o meu eu escondido
até expor todo meu interior
sem mágoas pendentes

Preciso enfrentar esse desafio
até que meu emocional venha fluir
na dose certa e recomendada
tão essencial para o meu mundo
literalmente apagado de emoções
o sistema engoliu a minha razão
urge que eu a recupere

Pode ser até mesmo
em forma de mutações racionais
ir até minhas raízes dosar suas forças
protege-las melhor
para que eu me encontre rapidamente
volte ao convívio com o meu real
sem fetiches

Um vazio se formou e mim
e todas as vezes que tento sair
as paredes ficam mais altas
consequentemente sinto medo de tudo
e ser passional me deprime
daí ser tão importante superar
qualquer obstáculo por mais bruto que seja
Tília Cheirosa
Enviado por Tília Cheirosa em 01/09/2007
Código do texto: T634498

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tília Cheirosa
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 64 anos
220 textos (12222 leituras)
1 e-livros (62 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 03:46)
Tília Cheirosa