Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO AO LEITO DE MORTE

Aguardo em meu leito de morte
que me dê um beijo na testa
que pelo menos neste dia se importe
com o amor que ainda me resta

Durante meu último suspiro
quero tua mão segurando a minha
então logo eu me retiro
e deixarei você sozinha

Podendo ir ao encontro de quem ama
com certo alívio por minha partida
deixa este corpo morto na cama

e seque agora livre a tua vida
nenhum choro você derrama
acha minha morte até merecida.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 25/10/2005
Código do texto: T63457
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:29)
pedro carmo