Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vermes Santos

Devorador famélico, orador
A massa multiforme na carniça
Alentais suas mandíbulas sem dor
Numa liturgia na mais sacra missa.

Vestais, iconoclastas, vermes-massa
Estais a me ver como um caçador
E no meu leito eterno ela m’abraça
Sois um velho destino, imitador...

E os carrilhões de infantes tão famintos
Comendo o que restou de episcopais
Porcos. E de seus ventres principais

Saem vermes dum negrume violento.
D’esmolas a cobrar ônus sedento,
Nesses seus fatalíssimos conflitos

Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 01/09/2007
Código do texto: T634601

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (267312 leituras)
6 áudios (1647 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 22:20)
Fabio Melo