Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM CÂNTICO AO DOMINGO QUE NÃO VEIO

CATIVO-TE HOJE MAIS QUE NUNCA VELHO DIA
EM QUE FICAVAMOS ALI SEM FAZER NADA
INERTES VENDO PASSAR AS SOMBRAS SEM ALEGRIA
ALONGADAS PELA CURVARIA DA ESCADA.

   ONTEM RECORDEI O QUE FIZ POR UM AMIGO
   RECORDO HOJE DO QUE ONTEM ME LEMBREI
   NUNCA FIZ NADA, SE QUER NOTEI
   QUE AMANHÃ É SEU VELORIO E LÁ NÃO ESTAREI.
 
QUERO FIXAR OS OLHOS NO HORIZONTE AO AMANHECER                   E TER ESQUECIDO TODAS AS NOITES EM QUÊ
ESCREVI ESPERANDO EM VÃO E SEM RAZÃO
UM BOM CORAÇÃO PARA ME LER.

NESTE DIA EM QUE O DOMINGO É CINZA E FRIO
APÓS UMA NOITE QUE PASSEI FEBRIO.

TODAS AS CARTAS ENTREGUES POR MAIS TARDIA
DAS MÃOS PALIDAS QUE NÃO INTERVEIO
TROUXE ESTAS CONTRARIAS A ALEGRIA
DE UM JOVEM SUICIDA PARA QUEM ESTE DOMINGO NÃO VEIO.



DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 02/09/2007
Reeditado em 09/09/2007
Código do texto: T634772

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11169 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 04:02)
DIEGO HUXLEY