Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma garota solitária

[Dedicada a uma menina solitária]

Vi as alvas faces de uma alma infeliz
Lágrimas tristes, tristes sentimentos
Solidões comensais como tormentos
Alguém e mais ninguém que ela não quis.

Sinto nas suas palavras meu abismo
Que era particular, que era tão teu
Sem culpa, foi julgado como ateu
E fora seu azar, seu cabalístico

Destino. E os muros moucos vão te ouvir
Seus lamentos, que irão deixar pintadas
Letras de dor, sarcasmo, inacabadas,
Ninguém irá te ouvir quanto partir...
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 05/09/2007
Código do texto: T638964

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (269154 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/17 03:01)
Fabio Melo