Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desencanto


Ando sempre cabisbaixo,
Sendo o que não quero ser,
Na espera te buscando,
Com a esperança de te ver,
Contra o tempo eu vou lutando,
Pra essa hora acontecer.

Sem você não há encanto,
É só pesar o meu viver,
Meu jardim virou saudade
E ressecou todo o meu ser,
Não há flores e nem orvalho,
Que frutifique o meu viver.
Antonio Sergipano
Enviado por Antonio Sergipano em 07/09/2007
Código do texto: T642743
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Sergipano
Aracaju - Sergipe - Brasil
413 textos (99426 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:43)
Antonio Sergipano