Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas

Durmo no cansaço eterno da fronteira do impossível,
quebro o sorriso na parede das lágrimas
e entorno o choro nos teus dedos...

Não chega a ânfora das tuas mãos para as guardar,
não chega a tua boca que mas sorve,
não chega o teu corpo que nelas se banha...

Escorrem salgadas,
penitentes...

Inunda-se nelas a minha tumba!
goretidias
Enviado por goretidias em 09/09/2007
Código do texto: T645245
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
goretidias
Portugal, 59 anos
108 textos (5262 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:51)
goretidias