Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÍNTIMO

O espaço em que me espalho
Ainda coexiste no tempo em que existo,
E convivo e respiro comigo
Consumida por mim mesma
Diária e continuamente na mente
Em que me revelo, me entrego absorta
Aos mares revoltos pela tempestade que abrigo
Nos meus calmos olhos por que transito
Por todo meu corpo,
Meu alicerce profano e divino,
Segredo inefável, hermético destino
Que me abriga e extasia
De amor e paixão, meus sentidos.

(Faz parte do livro meu livro "Solitariedades")
Mônicka Christi
Enviado por Mônicka Christi em 11/09/2007
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T647399
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônicka Christi
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1344 textos (25344 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 14:12)
Mônicka Christi