Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ansiedade

Ansiedade...
O sufocante medo do dia-a-dia...
Terrível angústia, choro frio e velado,
Dia e noite, noite e dia, corroente fobia...

No peito um aperto, desesperado, abraçado,
Tão triste o concerto, um cantar desgraçado,
A mágoa do estar não não ser um alguém,
A solidão do sonhar uma ilusão que não vem...

Viver é saber que a morte virá,
O destino de tudo, do todo a verdade,
O engano final: o final da ansiedade...

Dissonante é o acorde na harmonia do fim,
Um arpejo tão forte, a sinfonia ruim,
A espera da morte florescendo em mim...

Marco Aurélio Leite da Silva
Enviado por Marco Aurélio Leite da Silva em 14/09/2007
Reeditado em 24/05/2008
Código do texto: T651813
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Leite da Silva
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
106 textos (51238 leituras)
1 áudios (38 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:36)
Marco Aurélio Leite da Silva