Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Epitáfio



Quando um dia for eu motivo de choro e desconsolo, espero que não se emudeça a fala nem o canto...
Quando já for quem sabe o remoer da alma na viva recordação, não quero que vença a tristeza nem haja remorso...
Quando me tornar um túmulo florido e ornado, não quero lágrimas nem revolta...
Quando já for tão somente um número no gramado gravado no mármore frio, sem flor nem visita, não quero piedade de estranho nem choro de ingrato
Quando já não for mais que uma mera citação de caso antigo, quem sabe uma grata lembrança não quero nem soluço nem silêncio
Quando já for nada ou tão somente mais uma inscrição na lápide da qual pouco se saiba e nada se recorde não quero busca nem descaso...
Ali, só o que vou querer será paz,mas isto sei que nunca terei
                      14/10/2002
tilo
Enviado por tilo em 15/09/2007
Código do texto: T654191
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tilo
Ribeirão das Neves - Minas Gerais - Brasil, 50 anos
37 textos (984 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 02:08)