Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMAS

LÁGRIMAS

As lágrimas afogam meus dias,
Levando-os na correnteza triste
De um rio que não mais existe,
Sem leito e sem margens,
Que corria em tua direção, meu mar.
Outrora, invadindo tuas águas,
Saboreava tuas ondas
E na praia adormecia.
Só restou o rio do destino,
Que transborda ironia.
cao souza
Enviado por cao souza em 15/09/2007
Código do texto: T654209
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cao souza
Belém - Pará - Brasil, 55 anos
143 textos (16523 leituras)
1 e-livros (104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:02)
cao souza