Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo provisório

Quero sete trombetas escutar
Sete anjos amar sem sentir culpa
A música que o ouvido meu ocupa
A culpa que se ocupa em te matar.

Um vampiro o teu sangue puro chupa
Com seus aromas mortos vai te atar
A doenças que assim vai lhe injetar
Até nascer da larva a nova pupa.

E nisso queria ter teu celeste olho
Sob o que restará desse cadáver
Sob o último estado onde recolho

Os restos que tentam então viver
E o tempo impiedoso deixou caolho
P’ra desaparecer sem nada ver...
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 21/09/2007
Código do texto: T661501

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (270597 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:38)
Fabio Melo