Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUA PARTIDA

TUA PARTIDA

Quando a minha voz não ecoar
No silêncio da noite, um nó na garganta
Não haverá o brilho da lua a iluminar
Algo em mim irá morrer, nada adianta

Minhas mãos vazias o rosto a esconder
A saudade já  estará presente
As lágrimas cinzas tentarão romper
Da realidade já estarei muito ausente


Vou estar no despenhadeiro do suplício
Cisternas negras do martírio
Povoada por anjos caídos

O manto lutuoso do destino
Vestirá todo este desatino
Viuvez de um sentimento VIVO!
Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 21/09/2007
Código do texto: T662036
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17576 leituras)
7 áudios (417 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:50)
Tânia Mara Camargo