Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do livro dos mortos

Livro negro de página tão morta
Peguei o ensinamento vomitório,
Registrei minha gula no cartório
Que não tinha pessoas e nem porta.

Li no livro um pedido ilusório
Era uma paixão simples, que conforta
Uns doentes, um louco, quem se importa?
Todos dançam num químico casório.

Onde a matéria podre se desfaz
Onde um homem que não é mais rapaz
Veste agora o bonito e caro terno

Pois sabe que por hoje será eterno
Dorme na mais tranqüila e calma paz
Um livro lindo assim não mais se faz!
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 22/09/2007
Código do texto: T663078

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (267227 leituras)
6 áudios (1647 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 20:24)
Fabio Melo