Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada é Tão Doce!

Nada é tão doce
Quanto aquelas palavras não ditas...
A lembrança escondida
Em meio as lagrimas
Que as rosas choraram,
Numa noite de outono...

Nada é tão doce...
Quanto a dor do silencio...
O sangue que escorreu
De meus pulsos cortados,
E a lembrança de te ver
Partir chorando...

Nada é tão doce
Quanto a madrugada...
Onde meus sonhos adormecem
Jazendo num sono eterno,
Sepultado pelas palavras
Que eu sempre quis esquecer...

Nada é tão doce
Quando a dor te ver chorar...
Nada é tão doce
Quanto sentir meu coração sangrar...
Nada é tão doce
Quanto o brilho do luar...

Nada é tão doce
Quanto o vinho em sua boca
E o sangue a respingar.
Poder ouvir o silêncio...
E suas dores
Em meu coração à palpitar...

Nada é tão doce
Quanto um sonho ao morrer...
E as folhas secas
Levadas pelo vento até você.
Meus sonhos sangrentos,
E a dor de adormecer...
Elton Veloso da Silva
Enviado por Elton Veloso da Silva em 26/09/2007
Código do texto: T669603
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elton Veloso da Silva
Pedreira - São Paulo - Brasil, 31 anos
110 textos (7086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 06:16)
Elton Veloso da Silva