Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ROSA DA MINHA ALMA.



Diz que poeta não se apaixona
Pois vive apaixonado, mais meu...
Espírito estremece, quanto sinto...
A sua alma, revestida em palavras...
Incandescente em saudade.

Nas noites sigo apressado
Liberto do peso da carne
Procurando nos jardins
A rosa da minha alma,
Vestida de ternura
Meiga e apaixonada.

Sob o som da noite lenta
Sinto o seu perfume amado
Deito-me no seu colo quente
Afago a saudade.


Esse amor
É eterno
Puro
E belo!..
luizpoetista
Enviado por luizpoetista em 28/09/2007
Código do texto: T671867
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luizpoetista
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1423 textos (105471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:34)
luizpoetista