Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escombros De Uma Vida

As vezes me bate um tédio
um desejo de revolução
uma vontade de pular de um prédio
uma ânsia pela libertação

Minhas pobres sofridas mãos
já não querem mais escrever
nenhum verso de depressão
nenhuma dor do meu viver
é que já calejadas estão
de tanto representar o meu sofrer

Até dizem que dias melhores virão
mas não sei se poderei ver para crer
não sei até onde vai aguentar meu coração
não sei até quando consiguirei sobreviver
soterrado nos escombros que a desilusão
fez das estruturas do meu amanhecer

meus gritos se perdem nos destroços
e acabam voltando para mim
e já não tenho mais como fazer esforços
para me livrar dessa angústia sem fim...
Wendel Alexandre
Enviado por Wendel Alexandre em 30/09/2007
Código do texto: T674383
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wendel Alexandre
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
54 textos (86807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:48)
Wendel Alexandre