Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite Vermelha

Faróis, luzes, fumaças anoitecem
Como espelhos noturnos que levantam
E os doentes musicais que desencantam
Anunciando teus males que apetecem.

A profundeza da treva da cidade
Esconde os novos medos, velhos vultos
Não são como crianças nem adultos
Que vivem a espreitar a sociedade.

Creio que não existiu maior vampiro
Que aquele homem calvo, pederasta
Que trata os outros como uma madrasta
E suga-lhes até o último suspiro.
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T675255

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (270411 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:08)
Fabio Melo