Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciência decadente de um escritor

 As rosas vermelhas exalam fétidas ao meu olfato,
 O riacho que escoa e despenca da montanha me ensurdece,
 O pássaro que voa sob o céu branco me enfurece
 E o gato, companheiro da minha casa, aos meus olhos não passa de um rato.

 Sinto tédio em me lembrar dos cabelos esvoaçantes ao vento
 Da mulher que jamais amei,
 Da flor que jamais toquei,
 Do beijo que jamais provei.
 
 Não sinto mais prazer em terminar o labor
 Que me surge necessário para uma boa recompensa,
 Não me amedronta mais a idéia de ser um ator,
 Fingindo gostar de um mundo de aparência.

 Não estou desesperado,
 Tampouco resignado,
 É uma filosofia de vida,
 É uma busca concentrada de um sucesso que não vinga.

 É uma maturidade que me guia o espírito
 Pelos estreitos caminhos e curvas com que me deparo,
 Este comportamento que me resguarda
 E me impinge num triunfo que me aguarda.

 Mas uma chama ainda arde dentro de mim
 E me faz criar alucinado
 Com o tempo que dispersa meu pensamento
 Sempre voltado para a conquista.
 
 A conquista não é de terras inalcançadas
 Nem de conhecimento inassimilável,
 Mas de uma ciência intangível,
 Necessária para o homem moderno subir as escadas.

 As escadas escorregadias de uma vida e um dilema.
 A primeira anima o meu corpo
 E o segundo divide minha alma.
 Sou um escritor e cientista ou escritor sem escopo.
 

                 Ulisses de Maio
Ulisses de Maio
Enviado por Ulisses de Maio em 06/10/2007
Reeditado em 11/06/2008
Código do texto: T683437

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses de Maio
Fortaleza - Ceará - Brasil, 30 anos
1219 textos (16299 leituras)
21 áudios (170 audições)
16 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:59)
Ulisses de Maio