Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A pobreza

Amigo
dói demais a pobreza.
Amigo
estou falando em ter fome.

Oh amigo
não estrague seu prato de comida.
Oh amigo
muitos nascem esperando morrer por não tê-la.

Oh amigo imaturo
não queime seus livros jamais.
Oh amigo imaturo
há quem sofra por não saber escrever uma carta de agradecimento.

Oh amigo insolente
contente-se com o que tem.
Oh amigo insolente
muitos vibram com a unidade.

Oh amigo irresponsável
não jogue fora seu cobertor.
Oh amigo irresponsável
existe ainda quem morre de frio.

Oh amigo indiferente
respeite essa lágrima que de mim escorre.
Oh amigo indiferente
por que tens tanto , se aquela criança nada tem ?
 
Rafael Rezende Da Costa
Enviado por Rafael Rezende Da Costa em 11/10/2007
Reeditado em 10/07/2008
Código do texto: T690238

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Rezende Da Costa
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
144 textos (5517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:53)
Rafael Rezende Da Costa