Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É DESESTO

DÊ- ME SUA MÃO E NÃO IMPORTA
O DESERTO A SER PERCORRIDO.
EU SEMPRE AMEI O DESERTO!
NÃO SE VÊ NADA, NÃO SE ESCUTA NADA,
NO ENTANTO, ALGUMA COISA SE ERRADIA
Madeleine
Enviado por Madeleine em 13/10/2007
Código do texto: T692812
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Madeleine
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
357 textos (28976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:17)
Madeleine