Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dos Abismos vem os Segredos


Vozes ao mistério da meia-noite
Sinos badalam a eterna maldição
Vultos na névoa espalham destruição
Um canto místico vindo dos Abismos

O Medo subverte a Coragem de Outrora
Sem a solução para despertar os sonhos
Glorioso passado destruído pelo Vazio
Mensagens que soam como sagradas

Verdades são criadas e desfeitas pela Vontade
Não há o Bem e nem o Mal apenas o Desejo
As Prisões foram feitas pelas mãos dos Prisioneiros

Tudo desaba para outros caminhos secretos
Sinais fúteis em algum lugar dentro de nós
Constroem-se para terem um fim digno de lembrar
Chronos Sigdhara
Enviado por Chronos Sigdhara em 15/10/2007
Código do texto: T694934
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chronos Sigdhara
Gama - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
91 textos (2218 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 05:31)
Chronos Sigdhara