Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cinza

Sinto-me velha.
Sem sombras nem estrelas.
Calafrios cinzentos voam pelos edifícios
Meu corpo a garoa vai levando, com sofreguidão.
Austera, nublada, solidão...
No asfalto, os postes perpendicularmente iluminam um presságio
                                                                       [de chuva.
Velhice!
A garoa vai levando meu corpo, com seu tom de neutralidade
                                                 [desgastada pelo tempo.
Até que só restem as cinzas, dançando no ar
como as vítimas de um holocausto.
Luna Steinherz
Enviado por Luna Steinherz em 20/10/2007
Reeditado em 20/10/2007
Código do texto: T702474

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luna Steinherz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
424 textos (23971 leituras)
3 e-livros (327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:12)
Luna Steinherz