Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Destino Final

Encapsulado verme do Destino
Há de comer até meu intestino
Nessa orgia divina do Senhor
Abençoado por todo o meu rancor
Sejas tu, santo-padre de defunto
Enterrado comigo até o assunto.
As canibais bactérias festejando
Até acabar meu corpo e até quando?
Sobram-me os ossos, sobram-me os sonhares
São mais sujos que os teus vis lupanares.
O sangue coagulado na sarjeta
Deixando a tua latrina ideal tão preta...
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 20/10/2007
Código do texto: T702788

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (267158 leituras)
6 áudios (1647 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 21:33)
Fabio Melo