Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mendigo. A poesia e o amor.

Uma chuva caiu sobre meu peito
Na escuridão da minha mente
Surge uma grande serpente
No amanhecer da vida
Morro sem saber das alegrias.
Ressurjo debaixo de um viaduto
Sonhando que alguém por mim ficará de luto.

Nem sei o que é sorrir...
Mas sei o que é o nada...
Nada tão distante
Que para em um ponto que eu nunca tinha visto antes
Onde minhas forças não alcançam.

Sou assim mesmo
Um ninguém
Sem nome, casa, respeito.
Órfão de pátria e de família
Só...a rua que guia
E me faz agüentar outro dia.

Perdido entre becos e vielas
Dentro do peito a única coisa
Que ainda bate é dor
De não poder saber o que é o amor.
Vagner Alves
Enviado por Vagner Alves em 20/10/2007
Código do texto: T702890

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Vagner Alves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vagner Alves
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 34 anos
215 textos (33725 leituras)
15 áudios (999 audições)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:32)
Vagner Alves