Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTO DE TRISTEZA,DOR,SAUDADE E SEPARAÇÃO

Como é triste esse dia
em que resolvestes me deixar,
eu perdi por completo a minha alegria.
Ela jamais irei recuperar.


É triste quando chega ao fim um relacionamento,
que por muitos anos foi sustendo pelo nosso amor,
que eu pensava ser verdadeiro.
Esse dia nunca quis que chegasse,
porque eu pressentia todo meu sofrimento.
Difícil será me acostumar sem aquela vida a dois,
aonde você vinha em primeiro lugar, e eu vinha depois.


Nessa história o que é pior,
é a mágoa que me sufoca o peito,
que me machuca o coração
você para mim era tudo...
Da minha vida a razão.


Se eu pudesse no tempo voltar,
tudo isso eu evitaria...
Jamais permitira que esse dia chegasse,
nosso amor perduraria para além da eternidade.

Mas infelizmente aconteceu,
por descuido deixamos nosso amor morrer,
por causa de intrigas e desconfianças;
jogamos fora uma convivência,
cada qual frustrou suas esperanças,
ao seu coração dilacerou...

Hoje meu cantar é só tristeza,
por que você meu deixou,
mais de toda a certeza,
ninguém mais do que eu intensamente te amei.

   
É dizer que até ontem éramos só felicidade,
mas hoje o que nos resta é essa lamentável separação;
Que até agora não consigo acreditar que é verdade.


Quão triste é esse dia,
de sofrimento e dor,
eu perdi minha maior querência,
meu grande e verdadeiro amor,
que só pôde me dar tantas alegrias,
amor esse que não foi sonho, mas realidade.
Amor esse para quem dediquei tantas  poesias.
Um amor pelo qual tive forças pra lutar.
E agora que o perdi, só me resta a solidão,
uma ferida dentro do meu peito.
Um castigo que é dolorosa saudade,
que feriu minha alma de jeito.
CARLOS BOSCACCI
Enviado por CARLOS BOSCACCI em 11/11/2005
Reeditado em 11/11/2005
Código do texto: T70325
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS BOSCACCI
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 33 anos
401 textos (25452 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:58)
CARLOS BOSCACCI