Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perfume pálido

Sinto teus aromas de mulher
De um bem-me-quer, malmequer
Sinto as lembranças na língua
De cada beijo trocado pelas
Minhas juras de amor eterno.
Cheguei a pensar, decerto
Que nem o mais frio inferno
Doesse mais que saber, de longe
Que sua imagem mora no meu porta-retratos
E que seu perfume mora dentro
De um caixão de cemitério.
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 23/10/2007
Código do texto: T705834

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (270513 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:56)
Fabio Melo