Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para a pequena e doce Celeste

Para a pequena e doce Celeste




Linda e inocente Celeste

Que a este mundo tão cedo vieste

E te foste tão depressa

De regresso à mãe terra.

Nasceste cedo demais

De uma mãe sem ideais.

Logo no teu primeiro sono

Foste largada ao frio e ao abandono.

Embrulhada num cobertor

Desprovida de carinho ou amor

Sem remorsos foste atirada

Naquela maldita estrada.

Foi um carro desgovernado

Que por ti passou sem ter parado

E assim a vida te roubou

E sem remorso, seu caminho continuou.

Venham anjos e suas trombetas,

Todos os Deuses e Profetas

E te acolham com um sorriso

Abrindo-te as portas do Paraíso!

Alexa Wolf
Enviado por Alexa Wolf em 25/10/2007
Código do texto: T708836

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alexa Wolf
Portugal, 50 anos
63 textos (3499 leituras)
9 áudios (756 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 03:16)
Alexa Wolf