Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

lágrimas d'alma

pena não sermos mais a mesma canção
como fomos naqueles dias de inverno.
alcançamos o céu, ou o paraíso,
durante tardes quase eternas
e brincamos com a vida
feito príncipe numa redoma de vidro;
não é preciso crer nos poetas
para perceber o sentido do sorriso.
agora, com o olhar molhado,
sobram algumas lágrimas de um tempo completo
ou talvez,
sobra mesmo uma completude d'alma
que só era possível contigo.
acabou.
de tanto cultivar,
nosso terreno umideceu demais
e de charco virou pântano
onde deixamos afundar nossos planos.
com um sorriso frágil
percebo que ali tudo se desfez.
Donato Campos Dias Aguiar
Enviado por Donato Campos Dias Aguiar em 26/10/2007
Código do texto: T711603

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Donato Campos Dias Aguiar
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
104 textos (4044 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 07:20)
Donato Campos Dias Aguiar