Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
AMARRAS LATEJANTES DE UM DESTINO INCOERENTE

Não consegui ainda entender
Neste mistério, vivo este estigma
Modelado e remodelando meu viver
Simplesmente fazendo parte deste enigma
Desvencilhando-se das amarras latejantes
Que me perseguem a todo instante!

Apenas colocar “panos quentes” não resolve
Por que passa por entre minhas mãos
A paz que não me envolve
Enfraquecida pela tola obsessão
Do outro; em remover cinzas do passado
Enquanto eu... Fico cada vez mais desgastado!

Estender minha mão; dar minha opinião
É pouco, é insuficiente!
Então deixarei a cargo, deste destino incoerente!

Luciano Becalete
Enviado por Luciano Becalete em 30/10/2007
Código do texto: T715684
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Becalete
Mogi Guaçu - São Paulo - Brasil
462 textos (210184 leituras)
24 áudios (12973 audições)
1 e-livros (539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 02:13)
Luciano Becalete