Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU GRANDE CALVÁRIO


Momento insólito, onde tudo parece o fim
Desespero constante à espera da coragem
De desistir de vez... de por final aliviar-se da angústia.
Nada mais faz sentido...

A dor corta e fere a alma, rasga o corpo
O medo te consome...
Tudo, tudo é injusto... nada tem razão
A felicidade se esconde em cantos, e foge a teu grito

Os amigos não merecem;
Teus pais precisam descansar
E você, não mais agüenta esse peso nas costas
Sozinho simplesmente não dá!
Dá vontade de atirar a primeira bala
De atirar-se à primeira ponte

Não, não sei bem ao certo os motivos
Confesso que choro e luto
Mas minha depressão é só tristeza
É só receio de decepcionar
De nunca acontecer...
Parem... juro não é doença.
Acácio Véras jr
Enviado por Acácio Véras jr em 30/10/2007
Código do texto: T716316

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Acácio Véras Jr, www.acacioverasjr.multiply.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Acácio Véras jr
Teresina - Piauí - Brasil, 32 anos
56 textos (2270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:58)
Acácio Véras jr