Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amo, logo existo

As pessoas continuam e eu permaneço
Permaneço, pois não sei seguir
E segui tanto que perdeu-se a razão
E o coração partiu e seguiu
Mas eu permaneci, pois assim sou
Quando fores eu não irei
Se permaneceres eu partirei
Sou a contradição da tua vida
Assim segues, vás
Para que eu fique e chore solitário
Amar tornou-se uma grande confusão.
Daniel Cavalcanti
Enviado por Daniel Cavalcanti em 31/10/2007
Código do texto: T717533

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Cavalcanti
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
125 textos (3492 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:22)
Daniel Cavalcanti