Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Porta

Estamos separados por uma linha
A porta, esta é o que divide a dor do remédio
Você tenta constantemente se matar
Em busca de que você se feri tanto?

Entre a vida e a morte você se sente melhor?
Você busca um encontro com o desconhecido
Mas não sabe que ao mesmo tempo você levará consigo as pessoas que mais te amam
Você se torna egoísta, você se torna baixa

Esta porta hoje está fechada, para mim e para qualquer outro que tente transpassa-la
Não posso apaziguar sua dor se você não me deixa entrar
Não posso ser feliz vendo você fazer isso
Não quero acreditar que esse suspiro possa ser o último

Pois você se lembra de nós, quando éramos pequenos?
Você se lembra o quanto éramos felizes, e de nossas brincadeiras?
Agora você se tornou uma pessoa incrédula, uma pessoa amarga, triste
Eu estou com você, saiba, eu quero o seu melhor

Mas de nada basta isso se eu não puder transpor esta barreira que há entre nós
De nada valerá tudo o que vivemos juntos, todos os sorrisos e os gestos fraternos
Se você não me deixar ajudar, eu sinto perder-te para sempre
E saiba que com você morrerá outras pessoas que te amam e esta que aqui se faz presente para lhe ajudar.


                                              07/11/07
                     
Marins
Enviado por Marins em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T727716

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marins
Itaboraí - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
51 textos (1343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 16:51)
Marins