Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sede da Revolta ou Reviravolta.

O mar me trouxe sua maresia,
O vento me assanhou com sua forte ventania,
O chão me derrubou com sua agonia,
O sol deixou de clarear meu dia,
A lua e as estrelas não mais me iluminaram,
A noite tornou-se escura e fria.

A vida me arrastou por sombras nebulosas
Que levou meu ser ao limbo
Das trevas do não existir,
Criança homem, homem adolescente,
Vegetativo ser vivente.

Quando uma criança teve que ser forçado
A amadurecer brusca e violentamente,
Ela teve que viver um pesadelo
Onde nem uma pessoa adulta suportaria;
Ouvir o pai blasfemar que perdeu um filho
E o filho, que nunca teve um pai, soluçar a chorar.

Tive engolir esse engasgo,
Regurgitando esse segredo,
Maquiar uma felicidade aparente durante o dia
E borrar essa máscara em lágrimas durante a noite,
Em meu travesseiro.

Deficiente ansiando aos outros ajudar,
Assistindo o monstro solto a aterrorizar,
Vivendo solitário numa multidão
E mudo em meio a uma discussão,
Ansiando a morte para poder viver.

A única saída que tive
Foi falar às palavras que me engasguei,
Ser o melhor amigo do papel,
E depor todos os segredos monstruosos.

Os elementos nunca estiveram do meu lado,
Por mal estar, torvelinhos, terremotos, escuridão e frio...
Suas forças sempre quiseram me derrotar,
Me cansaram e em muitas batalhas
Quase alcançaram a me aniquilar.

Como a sua força estava na minha fraqueza,
Fui obrigado a ser forte para torná-lo fraco,
Como um pássaro de fogo,
Tive que ascender a chama
No meio das minhas próprias cinzas,
A História da minha vida me toma heroi das minhas conquistas
E é sobre as ruínas dos escombros da minha vida
Que construirei o alicerce sucesso das nações.

Jocca Zêmiph (07/11/2007)
Jocca Zêmiph
Enviado por Jocca Zêmiph em 08/11/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T728554

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jocca Zêmiph
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
76 textos (10274 leituras)
1 e-livros (30 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:23)
Jocca Zêmiph