Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BICHO DO MATO

Olha, eu sou bicho do mato
Vivendo loucuras mil
De puro amor caricato
Coração estudantil

Olha, eu sou bicho do mato
Correndo pelo barril
De sonho lúdico abstrato
Nesse cérebro febril

Olha, eu sou bicho do mato
Morrendo no solo hostil
Arfando em frente o retrato
Da ilusão primaveril

Olha, eu sou bicho do mato
Sucumbindo ao teu ardil
Amassada em teu sapato
Mas, sou filha desse anil.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 12/11/2007
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T734381

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:28)
Tânia Regina Voigt