Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Rosa (Um Homem Quebrado)

Um homem quebrado eu me torno
A cada dia mais me vejo sem futuro
Caminhando sobre as brasas de meus sentimentos
Nadando nas águas geladas do seu coração

Um homem quebrado eu sou
Na corda bamba do destino, sigo destemido
Temeroso sou, pois agora não há alicerces para me estabilizar
Este parece o fim da linha

Um homem quebrado, fui
Quando suas palavras me cegaram
Quando percebi que você não estava mais entre os meus braços, e eu não poderia lhe afagar
Eu estou me tornando inseguro

Destino a lugar nenhum, sigo numa jornada estúpida
Torno-me um viajante, numa viagem sem volta
Pois agora o caminho é mais longo e árduo
Voltar já não faz mais diferença, pois o que mais há além de lembranças?

O que há mais além de dor neste lugar?
Não. Realmente não vou voltar
Meus valores foram perdidos e a rosa que carrego comigo se torna amarela e envelhecida
Minhas lágrimas não são suficientes para lhe dar vida, pois o calor de minha alma que lhe mantinha a vida se extingui, e agora ela congela junto ao meu peito
                                                                                                                                                            13/11/07
Marins
Enviado por Marins em 13/11/2007
Código do texto: T736171

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marins
Itaboraí - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
51 textos (1343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:10)
Marins