Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prisão da Alma

Estou preso numa prisão ter se quer razão
sofro sem ter a luz do luar, para que possa contemplar
mais a cada momento de nossa vidas devemos pensar e ver o que o tempo
se passa ao redor e minha alma sofre sem ter a companhia da noite
gritos sem lamento , lamentos sem dor, aonde estou
o que há de errado comigo o que faz com o meu coração.
sei que sofro mais a minha alma, não se desprende de meu corpo
causando muita dor, e sofrimento
o puro lamento que não leva embora, venha junto com vento me levar nesta hora
de dor e sentimentos, pois vivo a pior de todas as prisões a prisão
da carne que se estraga, e não me leva a alma
gótico
Enviado por gótico em 21/11/2005
Código do texto: T74248
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gótico
São Paulo - São Paulo - Brasil, 38 anos
84 textos (20223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:15)
gótico