Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As Estrelas


Eu não preciso da sua voz
Borborejando falsos palacetes
Na minha mente e memória
                    (faça-lhes mais fulgor)

Estrelas dormiam na sua primavera
não pude deixar de notar
este policiamento ao redor
                    (e eu não sei falar
                               sobre maturidade)

Das paralelas linhas sulfuricamente
ácidas nenhuma recebe mais atenção
que a sua flamejante atração

São esses olhos bestiais que seduzem
Do mesmo jeito qu’estrelas reluzem
O feitiço da negra ilusão cor ferrugem

As estrelas caíram na palma da sua mão
É possível o controle sobre este rio de sangue
que corre nestas veias
                              (e que se rendem)
Ruan Nunes
Enviado por Ruan Nunes em 18/11/2007
Código do texto: T742627

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ruan Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
8 textos (170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 05:26)
Ruan Nunes