Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOSSO JARDIM.

ONTEM FIQUEI OLHANDO O QUE RESTOU DO NOSSO JARDIM,
NENHUMA FLOR, SÓ VI UM RASTRO DE MORTE E TRISTEZA.
ELE ESTÁ MORRENDO COMO O NOSSO AMOR.
NO MEIO DE TANTOS ESPINHOS VI TENTANDO DESABROCHAR UM BOTÃO
MAIS TALVEZ ELE SEJA SUFOCADO E NÃO TENHA FORÇAS PARA BROTAR.

UMA BRISA FRIA TOCOU MEU ROSTO,
UM BEJA–FLOR QUE VOAVA PERDIDO POR LÁ.
SEM ENCONTRAR NEHUMA FLOR, BEBEU ALGUMAS LÁGRIMAS,
QUE DOS MEUS OLHOS CAIRAM INEVITÁVELMENTE.
SENTI SUA PRESENÇA, MAIS EM MINHA VOLTA SÓ ESTAVA A SOLIDÃO.

EM NOSSO JARDIM EXISTIA MUITAS FLORES,
HOJE SÓ RESTOU OS ESPINHOS E NIGUÉM QUER CUIDAR.
AGORA ELE MORRE ESQUECIDO, E VOCÊ NÃO O VISITA MAIS.
NOSSO JARDIM ESTA MORRENDO COMO NOSSO AMOR,
ELE PRECISA DE VOCE E DE MIM.


Brione  Capri


BRIONE CAPRI
Enviado por BRIONE CAPRI em 23/11/2005
Reeditado em 27/11/2005
Código do texto: T75206
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BRIONE CAPRI
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 32 anos
1428 textos (66598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:31)
BRIONE CAPRI