Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nem sei...

Já não me sinto triste,
diante do que existe,
perdido aqui ou em qualquer lugar...
Eu olho o meu mundo,
enxergo tudo escuro,
Então pergunto:
pr'onde vou caminhar?
Eu já nem sei...
Esqueci o teu nome na agenda...
Eu já nem sei...
Adoro viver esse dilema!
Agora sou escravo,
desse seu descaso,
que me faz por vezes acreditar...
Amor é de mentiras,
tão louco quanto doido,
Não existe fórmula pra te amar...
Eu já nem sei,
mistérios são feitos sem critérios...
Eu já nem sei,
o que realmente quero...
Rodrigo Paulino
Enviado por Rodrigo Paulino em 27/11/2007
Código do texto: T754439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Paulino
Saquarema - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
111 textos (6336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 03:16)
Rodrigo Paulino