Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esperança

A minha Esperança é flor sem espinhos
Todos tocam a minha Esperança
É uma puta que a todos se oferece
E todos a têm, e todos a querem
E todos dela se perdem
E cospem em tua face
Mijam em seu corpo
Deixam teu ventre em carne viva.

Mas ela não guarda rancor
Não a Esperança
A ensanguentada, a esquecida
A sempre amada e sempre querida
A estuprada, a enlouquecida
A Esperança, amor da minha vida.
Daniel Cavalcanti
Enviado por Daniel Cavalcanti em 28/11/2007
Código do texto: T756280

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Cavalcanti
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
125 textos (3490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 21:05)
Daniel Cavalcanti