Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JÁ NÃO AMANHECEM MINHAS PALAVRAS

       



           A derradeira esperança
           morta, estendida na praia,
           tão calma em seu silêncio eterno,
           tanta força nos  braços,
           cortando sem tréguas
           as águas da adversidade...

           A última esperança morta está
           e com ela cessa também
           a vontade de ir em frente,
           morre com ela o encanto,
           o sonho, o êxtase
           de momentos construídos
           em suave movimento de mãos...

           E o que fazer com os vestígios
           que restam por todos os cantos
           a não ser chorar sobre sua
           silenciosa apatia?
           E o que fazer dos dias e noites
           sem sinais?

           Se já soubera sempre que
           tal hora se aprontava, crescia
           sorrateira nos descuidados
           instantes de felicidade,
           espreitava  sem pressa,
           fatalidade presumida,
           mesmo assim fiz-me cega
           e  entreguei o melhor de mim
           atenta ao menor sinal
                      de tua presença.

           A última esperança
                resta estendida
            na areia daquela praia,
            onde morrem os sonhos,
            onde  se despetalam as flores
            sob ventos de flagelo!

            Sentir no peito o abismo
            dessa dor de toda impossibilidade,
            chibata ferindo as costas,
            mãos atadas,  brasas sob os pés,
            é saber que há muito teu barco partiu,
            fechando esta brecha do tempo
            a sete chaves de desconhecimento !
           
           
                     
         
tania orsi vargas
Enviado por tania orsi vargas em 29/11/2007
Reeditado em 23/05/2011
Código do texto: T757260
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tania orsi vargas
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
772 textos (51506 leituras)
4 áudios (521 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 07:55)
tania orsi vargas